Nacional

Pontos Turísticos da Região Sul

pontos turísticos da região sul
pontos turísticos da região sul

Diversos dos pontos turísticos da região sul do Brasil são como um pedacinho do velho continente aqui, pertinho de nós. Além disso, lugares inigualáveis de ecoturismo. Bem como, praias de beleza singela. Belas estradas cercadas por magníficos campos. Pequenas cidades guardiãs de inusitadas surpresas. História, cultura, culinária, prazeres e experiências. Tudo isso e mais presentes nos pontos turísticos. 

Viajar pelos pontos turísticos da região sul é ouvir um trecho da música que compõe todo nosso Brasil. 

  • Os estados que formam a região sul

A menor das cinco regiões do Brasil é maior que toda parte metropolitana da França. E, mesmo assim, é menor que o estado de Minas Gerais. Esses fatores, no entanto, não impedem a diversificação de toda região sul. Não somente em seus pontos turísticos, mas também em sua economia, história, cultura e gastronomia. 

Os três estados que compõem a região são; Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. 

PONTOS TURÍSTICOS DA REGIÃO SUL – PARANÁ

pontos turísticos da região sul

O Paraná possui um dos pontos turísticos mais famosos do mundo. Entretanto, se você leu nossos artigos sobre as outras regiões, já deve saber que isso é um tema recorrente no Brasil. Mas antes de falar sobre esse ponto turístico, precisamos falar sobre o turismo em Curitiba.

Curitiba

A capital do Paraná é a cidade com maior população da região. Curitiba serve como um ponto de entrada aos incríveis pontos turísticos presentes no sul do país. Eleita como melhor capital brasileira para se viver, bem como, referência em mobilidade urbana e sustentabilidade.  

Tá, mas e os pontos turísticos? 

Que tal algum dos 29 parques e bosques presentes na cidade? Os mais famosos são; Parque Tanguá, Jardim Botânico, Parque Tingui, Parque Barigui, Bosque do Papa, Bosque Zaninelli (UNILIVRE) e a lista segue…

Uma das grandes vantagens é a linha de turismo. Essa linha roda por diversos dos mais famosos pontos turísticos da cidade.

Parque Tanguá

Considerado por muitos (e também por mim, mas não que importe) o parque mais bonito de Curitiba. Possivelmente um dos mais bonitos do Brasil. Independente da hora que você escolher para visitar o Parque Tanguá, vale a pena. Caminhe por todo ele, pare na lanchonete pra comer alguma coisinha. Veja a cachoeira de cima e de baixo. E faça até mesmo um passeio pela gruta.

MON

O Museu Oscar Niemeyer, ou Museu do Olho, ou MON, para os íntimos. É uma das poucas atrações culturais de Curitiba que se paga um ingresso. Parada obrigatória pros fãs de arte, bem como, parada obrigatória pra quem quer boas fotos. 

Além de visitar as exposições, tome um café por lá, e aproveite o cenário. Ali perto também (do lado) está o Bosque do Papa. Ou seja, uma visita dois em um. 

O centro de Curitiba

Na capital paranaense tudo é perto. Comece um passeio pela rua das flores, ande até a praça Tiradentes e até o centro histórico (Largo da Ordem). Nos domingos você ainda terá outros pontos turísticos, pois ocorre uma feirinha de artesanato. 

Especial passeio de trem

Se vier com tempo, é possível realizar um passeio de trem pela serra do mar. De Curitiba até Morretes. Lá você provará uma das comidas mais típicas da região sul, o barreado. Caso não possa realizar esse passeio, em Curitiba compre cachaça e bala de banana.

Ponta Grossa

Ponta Grossa está a pouco mais de 100 quilômetros de Curitiba. Há um ponto turístico da cidade que vem ganhando muito destaque; o Parque Estadual de Vila Velha. 

Hoje o parque é administrado pela empresa Soul Parques. Com infraestrutura totalmente renovada, eles oferecem muitos atrativos no parque. Tirolesa, passeios noturnos, diversas trilhas e até mesmo opções de cicloturismo. Do Paraná e de toda região sul, sem dúvidas, o Parque Estadual de Vila Velha ganhará muito destaque com seus diversos atrativos ecológicos.

Foz do Iguaçu

De toda região sul, as Cataratas do Iguaçu, provavelmente, é um dos pontos turísticos mais famosos. As Cataratas, inclusive, estão entre as mais famosas do mundo. Patrimônio Natural da Humanidade, bem como, ela é uma das sete maravilhas naturais do mundo.

Um dos grandes diferenciais das Cataratas do Iguaçu são os mirantes que ela possui. O com visão mais vantajosa é, sem dúvida, a passarela da Garganta do Diabo. A Garganta do Diabo é uma das 275 quedas do complexo e, possivelmente, a mais impressionante. Em formato de “U”, com mais de 70 metros de queda ao longo de quase 3 quilômetros de extensão. Em outras palavras, a garganta é profunda!

Foz do Iguaçu também possui outros pontos turísticos

A cidade, além de oferecer vistas incríveis da Catarata do Iguaçu possui outros atrativos. Por exemplo, a Usina Hidrelétrica de Itaipu e o Parque das Aves. A cidade inteira possui também uma ótima infraestrutura para o turismo. Opções ótimos hotéis e restaurantes não faltarão. 

Em resumo, da região sul, Foz do Iguaçu é uma cidade que todo mundo deve conhecer.

PONTOS TURÍSTICOS DA REGIÃO SUL – SANTA CATARINA

imagem de um lago e montanhas ao fundo

No sétimo dia Deus descansou, e olha, acho que foi no litoral catarinense… 

Não somente da região sul, mas de todo o país, o litoral catarinense se destaca. Cada praia é mais bonita que a outra. É justamente esse conjunto de praias da região sul, sudeste e nordeste que faz o nosso Brasil ter um litoral pra tacar inveja no mundo inteiro. Entretanto, Santa Catarina possui pontos turísticos que vão além das praias. Só que antes de escrever sobre eles, é preciso falar sobre a capital!

Florianópolis

Pra conhecer bem os pontos turísticos da região sul, Florianópolis é parada obrigatória. Não faltam atrativos incríveis na capital catarinense. Os de maior destaque são, obviamente, suas praias. 

Mas o que fazer nas praias de Florianópolis? Só apreciar a paisagem e tomar banho de mar? Depende da praia, afinal, cada uma delas possui algum tipo de atrativo. Esportes aquáticos, mergulho, restaurantes, bares e festas. Do sereno ao badalado, do sossegado à aventura, há uma praia de Florianópolis certa pra você. Vale mencionar sobre a história da ilha, seja por seus traços lusitanos (em especial dos açores), evidentes em bairros como Santo Antônio de Lisboa e Ribeirão da Ilha. Bem como, nos diversos sítios arqueológicos espalhados por toda ilha.

Diversas outras opções no centro da ilha

Vale a pena visitar o Mercado Público, no centro da cidade. Ali perto tem a Praça XV de Novembro, onde está localizado o Palácio Cruz e Sousa, bem como, a Casa da Alfândega. Estes últimos dois são fãs pra você que gosta de história em suas viagens.

Além disso, uma coisa que não falta em Florianópolis são os mirantes. Cada um mais impressionante que o outro. Mas, entre os meses de agosto e outubro, o Mirante Morro das Pedras se destaca. O local é um berçário de baleias-francas-austrais, é possível vê-las do mirante. Um baita espetáculo da natureza.

Balneário Camboriú

imagem de praia e montanhas ao fundo

A Dubai Brasileira. Essa cidade possui muitos, mas muitos pontos turísticos. E a cada ano que se passa eles melhoram a já excelente infraestrutura para turistas. Balneário Camboriú é um destaque da região sul. As praias dessa cidade acabam ficando em segundo plano. Afinal, há diversos atrativos como, por exemplo, o Oceanic Aquarium e a FG Big Wheel. Entre muitos outros e os que irão abrir na cidade. Ah, e ainda, opções de excelentes restaurantes não faltam. 

Agora, uma outra vantagem de Balneário Camboriú é sua localização. De lá é possível visitar a maravilhosa Itajaí, conhecer cidades como Pomerode e Blumenau e, também, o Beto Carrero World fica ali pertinho. A cidade acaba se tornando uma ótima opção tanto pra férias longas quanto curtas. 

Falando em Blumenau

Gosta de cerveja? Parada obrigatória. Os blumenauenses entendem muito bem dela e sabem como produzir uma ótima cerveja. Uma das provas disso é que Blumenau hospeda a maior festa de cerveja fora da Alemanha. Mas o Oktoberfest é somente um mês do ano. Se você for visitar a cidade em qualquer outro mês do ano, não se preocupe, pois lá sempre haverá algo pra se fazer.

Na Vila Germânica, onde ocorre o Oktoberfest, sempre está aberta e lá há diversas lojas e bares. Nela também ocorrem diversos eventos durante todo o ano, por exemplo, a Festitália em julho (em homenagem aos imigrantes italianos), eventos no natal e na páscoa. 

Por fim, Santa Catarina é um estado que vale muito a pena conhecer. E as opções de turismo no estado vão além das maravilhosas praias. O interior é muito rico em história, diversas cidades pequenas que mantêm vivas as tradições de seus antepassados que vieram no século XIX ao Brasil. 

PONTOS TURÍSTICOS DA REGIÃO SUL – RIO GRANDE DO SUL

Finalizando a região com esse estado maravilhoso, tchê. A própria entrada do RS já é incrível caso você vá pela Serra Gaúcha.  O mirante no topo da serra fornece um pitoresco cenário. A Serra Gaúcha serve como um harmonioso presságio para os diversos pontos turísticos presentes no estado.

Porto Alegre

Como de praxe, começamos pela capital. Os pontos turísticos presentes em Porto Alegre são bem ecléticos. Esporte, cultura, história, gastronomia, opções não faltarão. Entretanto, um dos destaques de Porto Alegre (e de toda região sul), é o Museu de Ciências e Tecnologia da PUCRS.

Este incrível museu interativo possui um acervo superior a 5 milhões de peças (mas não vai sair por lá tocando em todas as exposições). É um museu com destaque em toda América Latina. 

Procurando por uma boa dose de arte e literatura? Não deixe de visitar a Casa de Cultura Mario Quintana. Música, Teatro e até mesmo uma biblioteca estão presentes no local. Além disso, lá também tem o acervo Elis Regina, no qual é reunido um grande acervo sobre a cantora. Sejam documentos e diversos outros materiais doados por colecionadores, críticos e até mesmo fãs. 

Os muitos pontos turísticos de Porto Alegre

Uma das melhores maneiras de conhecer tanta coisa é usar a linha de turismo que também está presente em Porto Alegre. 

Como todas as capitais, não somente da região sul, mas de todo o Brasil, não faltarão opções. Em Porto Alegre, principalmente. Ótimos restaurantes e churrascarias, bem como bares. A cidade é vibrante e repleta de atrativos. 

Gramado e Canela

Quando se fala em turismo nacional, não se pode deixar de falar dessas duas charmosas cidades. As duas cidades investem muito no turismo. É de deixar surpreso que em cidades pequenas como essas duas cabem tantos pontos turísticos. Não somente os criados a partir da iniciativa privada, mas também os atrativos naturais. Em especial o Parque do Caracol. A região dessas duas cidades é envolvida pelas belezas naturais do Rio Grande do Sul. 

Além do Parque do Caracol, não faltarão opções pra provar os chocolates que estão entre os melhores do Brasil. Conhecer sobre uma técnica milenar de criação de cristais. Visitar diversos museus temáticos. E comer em excelentes restaurantes. 

Cristais de Gramado

imagem de trabalhadores em um barracão

Falando na técnica milenar… Cristais de Gramado é um local que definitivamente vale a pena conhecer quando estiver na região. É um daqueles pontos turísticos bem únicos. Lá, além de ser possível comprar diversas lembranças, você poderá ver como são confeccionadas as peças. O processo inteiro é surpreendente. 

Bento Gonçalves

Se Blumenau sabe produzir uma ótima cerveja, Bento Gonçalves sabe produzir um ótimo vinho. Em 2012, o vale dos vinhedos no Rio Grande do Sul foi o primeiro local no Brasil a receber a Denominação de Origem. Desde então (e antes) o enoturismo cresceu muito.

Visite as diversas vinícolas e aprecie os vinhos. Caso seja leigo, é possível deixar de ser leigo na região. As próprias vinícolas oferecem visitas e degustações. É possível também fazer um almoço harmonizado caso queira se aprofundar ainda mais. E se quiser se aprofundar muito, não se preocupe, pois em Bento Gonçalves você poderá realizar cursos de degustação. 

Maria Fumaça na região da uva e vinho

Uma ótima opção se quiser conhecer esse pedaço da Itália no Brasil, é realizar o passeio de Maria Fumaça. Com cerca de 2 horas de duração, a Maria Fumaça passa por parte da região da uva e vinho. No passeio, além de ver a bela paisagem do Rio Grande do Sul enquanto aprecia um bom vinho, você se divertirá com muita música tipicamente italiana e gaúcha.

O Rio Grande do Sul é um estado incrível, e o que não falta nele são pontos turísticos. Muitas das cidades do interior possuem pontos turísticos inusitados. Por exemplo, na cidade de Três Coroas há o único templo budista tibetano da América do Sul. E ainda há a praia de Torres, de beleza também exuberante. 

Já esta acabando, mas você ainda pode continuar conosco. Basta clicar no link abaixo:

>> Pontos Turísticos do Centro-Oeste: Bonito é pouco!

FINALIZANDO OS PONTOS TURÍSTICOS DA REGIÃO SUL

pontos turísticos da região sul

Vale lembrar que a operadora Schultz lançou seu novo projeto Travel in Brazil. Visite o site aqui. E a estreia é justamente nesses três estados. Chamado de “A Europa Brasileira”, com ele é possível conhecer diversos desses e ainda mais pontos turísticos. Este singelo roteiro já está à venda nas melhores agências de viagens em todo o país. 

E seja viajando pela região sul ou em qualquer outro lugar, viaje com um bom seguro viagem. Seja longe ou perto de casa, imprevistos acontecem. E com um seguro viagem a dor de cabeça e o prejuízo são menores. Aproveite todos os maravilhosos pontos turísticos de forma tranquila e segura.

Por fim, aproveite bem todos os pontos turísticos que a região sul tem a oferecer. Apesar de serem “somente” três estados, há muito que se explorar e conhecer. Sua viagem, sem dúvida, será repleta de ótimas experiências.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

You may also like

Leia mais