Seguro Viagem Vital Card
Home » Blog » Destinos The Witcher
Dicas de viagem

Destinos The Witcher

O cartaz dos medalhões Witcher. Símbolos de arte linha branca. Design de impressão abstrata. Destinos The Witcher
Destinos The Witcher

Vamos começar mais um conteúdo da série de destinos aqui do blog com Destinos The Witcher.

Primeiro vieram os livros, depois os jogos, e agora a série. Junto com a série, recebemos paisagens magníficas e, como uma cereja nesse delicioso bolo, uma nova música para cantarmos no chuveiro… “Toss a coin to your Witcher, O Valley of Plenty!”

Nesse novo texto da série “Destinos” falaremos sobre os locais quais The Witcher fora gravado e o que você pode visitar neles. Obviamente houve muita coisa gravada em estúdio, especialmente cenas de interior e, também, CGI. O que é bom, pois isso quer dizer que “kikimoras” (aquela criatura feia que parece uma aranha da primeira cena não existe), bem, talvez exista coisa parecida na Austrália.

THE WITCHER | TRAILER PRINCIPAL | CANAL OFICIAL NETFLIX

Tentaremos manter isso daqui livre de spoilers, mas nunca se sabe. Ah, e caso você não tenha lido nosso Destinos: La Casa de Papel, pode ser do seu interesse, também. E caso tenha vindo aqui pra tentar entender a cronologia em The Witcher, esqueça. Falaremos sobre turismo!

Polônia

Varsóvia, Polônia: Varsóvia Barbacan, polonês barbakan warszawski no verão. Destinos the witcher
Varsóvia – Capital da Polônia

O escritor de The Witcher (Andrzej Sapkowski) é polonês. Sendo assim, os cenários imaginados pelo escritor na criação dos livros foram baseados nas riquezas naturais da Polônia. E isso também foi muito bem explorado no seriado. E já digo uma coisa, do que esses nomes de destinos têm de estranho, eles têm ainda mais de beleza!

Começando pelo Castelo Ogrodzieniec fica na região centro-sul da Polônia, também conhecida como Polish Jura (ou Kraków-Częstochowa Upland) ou, em tradução livre pronunciável, a serrania jurássica polonesa. Antes de propriamente falarmos sobre o castelo, precisamos discutir sobre essa maravilhosa região serrana. Para os geólogos é um parque de diversão, para nós é um lugar lindo.  Na região há também muita biodiversidade, com milhares de espécies de plantas e animais. Parte dessa região pertence ao parque nacional Ojców, com uma área de 21.4km² é o menor dos 20 parques nacionais da Polônia.  

Vista geral do Castelo de Ogrodzieniec, um castelo medieval em ruínas na região montanhosa semi-montanhosa, chamado Jura polonês, no centro-sul da Polônia.

Em resumo: Uma região histórica, com indícios de assentamentos humanos que datam 12000 anos atrás e, pra fechar esse pacotão, tem o castelo qual foi gravado a última cena de batalha de The Witcher. O castelo de Ogrodzieniec que foi construído em meados do século XIV e, até hoje, é possível visita-lo. Quando for visitar a Polônia, pode por na sua lista de destinos essa região aí, não irá se arrepender!

Um bônus para os fãs dos jogos: Na cidade de Gdansk há um guindaste portuário medieval que serviu de inspiração para os portos de Novigrad em The Witcher 3. Se estiver por lá vale a pena conferir, é um dos destinos históricos que somente a Polônia pode oferecer.  

Aproveite pra viajar para a Polônia! É econômico, não precisa de visto e faz parte do tratado de Schengen (seguro viagem obrigatório).

Hungria (Destinos The Witcher)

Vista do sol de Budapeste na primavera, do famoso local de observação em Citadella. Destinos the witcher

Ao viajar pela Europa você tem que ter como um de seus destinos a Hungria. E, graças ao The Witcher você terá ainda mais razões para visitar esse maravilhoso país. A capital Budapeste serviu como uma base para gravações em estúdio de The Witcher, no estúdio Origo.

Um dos locais de filmagens foi o castelo de Vajdahunyad, em Budapeste. O interior desse belo castelo serviu como a casa daquele mago Stregobor, no primeiro episódio. 

No noroeste de Budapeste tem o forte Monostor que serviu na gravação de Cintra. O forte fica na pequena, bela e histórica cidade de Komárom. O forte em si é gigantesco e teve sua construção iniciada em 1850. Além de que a floresta ali da região também foi usada nas gravações, na qual Ciri escapa no primeiro episódio.

Ainda na Hungria temos o belo castelo Tata na costa do lago Öreg (lago velho), um dos muitos destinos presentes na cidade Tata, também no norte do país. O castelo dessa cidade serviu como casa para a maga Yennefer no episódio 5, quando Geralt precisava de uma soneca. A cidade e o local são incríveis, vale muito a pena tê-los como um de seus destinos na Hungria. 

Hungria - Tata - Este antigo castelo construído no século XIV na costa do Lago Velho.

Falando em Yennefer, o vilarejo natal dela também foi gravado no país. No museu em céu aberto da Hungria na cidade de Szentendre. A cidade fica pertinho de Budapeste e é um dos melhores destinos turísticos da Hungria, diversos museus, galerias de arte, uma arquitetura antiga e excelentes restaurantes. 

Hungria faz parte do Tratado de Schengen, então, contrate um seguro viagem.

Áustria (Destinos The Witcher)

Bela vista do Castelo de Kreuzenstein por do sol - Leobendorf, Áustria. Destinos the witcher

O castelo Kreuzenstein próximo da cidade de Leobendorf serviu como Vizima em The Witcher. Ele foi construído em meados do século XII, porém, boa parte dele foi destruído na Guerra dos Trinta Anos (1618-1648), a reconstrução começou no fim do século XIX, terminando somente no começo do século XX. Lá você poderá ver traços distintos da arquitetura do século XII e do século XIX. Sem contar a tumultuosa história do local. Tanto para os fãs de The Witcher, de arquitetura ou de história, vale a pena ter esse castelo (um de muitos da Áustria) na sua lista de destinos.  

Seguro viagem também obrigatório.

Arquipélago das Canárias

Nascer do sol em torno de roque nublo e roque bentayga na Gran Canaria. Destinos the witcher

Aqui o seriado The Witcher passa de destinos históricos para destinos paradisíacos. A ilhas Canárias é um arquipélago espanhol localizado no oeste do Marrocos. E um dos muitos motivos da Espanha ter um turismo tão rico. Já adianto que por ser território da Espanha, o seguro viagem é obrigatório.

Começando por aquela cena em que a Yennefer fica se teletransportando; ela para em um deserto, lá é o Roque Nublo, na ilha de Grande Canária (curiosamente não é a maior ilha do arquipélago). Além disso, lá você encontrará vulcões e o pico de Las Nieves.

The Witcher também usou o Roque de Santo Domingo, na ilha de Garafía. Esse local serviu como base para criação de Aretuza (aonde os magos recebem o treinamento em The Witcher). É claro, aquele castelo em si foi feito por CGI, mas a fotografia foi toda tirado no Roque de Santo Domingo.   

ponto de vista Santo Domingo Rock, la palma

Outro dos locais de gravação nas ilhas Canárias foi a ilha de La Palma. Pessoalmente é um dos meus destinos favoritos, a ilha é incrível! As florestas dela foram usadas para gravar a floresta das Dríades e a região montanhosa para gravação do sexto episódio da série, aquele que Geralt, Yennefer e Jaskier vão atrás do dragão. 

Finalizando…

Ainda nas ilhas Canárias temos La Gomera. Como todo o arquipélago a natureza da ilha é incrível. Diversas cenas em florestas foram gravadas em La Gomera. Os produtores também usaram e abusaram de fotografias da ilha. Infelizmente os detalhes de quais locais exatos e quais cenas estão escassos. E, mesmo que não houvesse gravações nessa ilha, sem dúvida vale ter ela na sua lista de destinos. 

Bela vista de incrível paisagem tropical com palmeiras exóticas e vales de montanha acima do largo mar aberto em luz dourada da noite ao pôr do sol com céu azul e nuvens no verão, Ilhas Canárias, Espanha

Ah, parece que veremos mais das ilhas Canárias na segunda temporada de The Witcher.

Esperamos que tenham gostado de Destinos The Witcher, e se quer ver sua série por aqui, deixe um comentário. 

Related posts

Deixe um Comentário