Seguro Viagem Vital Card
Home » Blog » Destinos Dark: A Série
Dicas de viagem

Destinos Dark: A Série

Homem estranho vestindo capa amarela. Vista da paisagem escura na floresta. Destinos Dark
Destinos Dark: A Série

Em nosso terceiro artigo da série “destinos” falaremos sobre Dark. A série alemã que confundiu o mundo inteiro com viagens no tempo. 

Se você passou aqui para entender Dark, esqueça. Ninguém entendeu, e quem disse que entendeu está mentindo. Mesmo assim isso não nos impede de aproveitar os destinos que a série forneceu. 

Ela foi gravada inteiramente em Berlim e nos arredores da cidade, contudo, há diversos locais bacanas para se conhecer por lá. Por mais que Dark tenha uma fixação de perguntar quando e não onde, aqui sim falaremos do onde.

A Escola (Destinos Dark)

Começando os destinos com a escola qual se passa boa parte de Dark.

A escola na vida real é chamada de Reinfelder Schule, e está localizada em Berlim. Não há muito o que fazer na região, a não ser tirar umas fotos. Porém, uma coisa interessante sobre a escola é a sua história. Ela foi construída em 1907 e foi a primeira escola estadual para deficientes auditivos da Alemanha. Se for visita-la, não vá em dia de semanas para não perturbar – ou ser perturbado – pelos alunos. Uma calma visita em um domingo vai te garantir toda a paz e espaço pra fotos.

A Ponte e o Trilho de Trem

Imagem da luz solar cruzando uma floresta pacífica perto de Berlim, Alemanha. Destinos dark
…floresta pacífica perto de Berlim

Um dos destinos que pode interessar é justamente aonde os adolescentes de Winden passam seu tempo. Os trilhos de trem e aquela ponte se encontram próximo a uma pequena cidade de Kleinmachnow, que faz parte da região metropolitana de Berlim. Você encontrará a ponte e os trilhos (não passam mais trens por lá) na estrada de Könisweg, também conhecida como a “Estrada Real” (em tradução livre). O nome é devido ao fato dela ter sido construída em 1730 a mando do rei Friedrich Wilhelm I. Uma pequena surpresa é que na ponte está pichado “Jonas”.

Sobre os trilhos, esse também tem uma história interessante e triste. A linha férrea foi inaugurada em 1913. Nos anos 30 e 40, essa linha servia para transportes cadáveres aos cemitérios da região. A linha foi desativada em 1961, com a construção do muro de Berlim. Desde 1991 é procurado restauração e reativação dessa linha férrea. Uma organização sem fins lucrativos, chamada de Berliner Unterwelten e. V. promove a pesquisa, manutenção e documentação de diversos pontos como esse em toda Alemanha. Eles promovem diversas visitas guiadas em muitos pontos históricos. E não somente em alemão, mas também em inglês, italiano e espanhol. Essa daqui fica como dica em todos seus destinos, em diversos países por todo mundo há organizações como essas. Que, sem dúvida, enriquecerão muito suas viagens. 

A Caverna (Destinos Dark)

A caverna de Dark é uma das coisas mais confusas, felizmente como um dos destinos ela não é tão confusa assim. Ela foi feita em CGI, porém, na floresta entre Tremsdorf e Saarmund, em Brandemburgo (sul de Berlim), foi criado o exterior da caverna para as gravações de Dark.

A caverna não está mais lá, entretanto, você pode passear pela floresta e reconhecer as icônicas árvores que aparecem em Dark. 

A Igreja

Antigo relógio de igreja cristã com ponteiros de relógio de ouro no antigo cemitério de Berlin-Stahnsdorf. Destinos dark

Da lista dos destinos de Dark, esse na realidade pode ser um dos mais surpreendentes. A igreja na realidade é a capela de um cemitério. O cemitério do sudoeste de Stahnsdorf. 

Esse cemitério foi criado em 1909 e possui uma área total de 206 hectares. É o 10° maior cemitério do mundo e segundo maior da Alemanha. Devido ao tamanho, a natureza em volta, o gigantesco número de tumbas e diversas estruturas de valor histórico, esse cemitério está na lista de monumentos de Brandemburgo. E é um dos pontos mais importantes da região metropolitana de Berlim. 

Mansão dos Doppler/Hotel da Regina

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Schloss_Lanke_05.jpg#filelinks

Para não entrarmos em uma discussão de quando e não onde simplesmente nos referiremos a esse destino com o Castelo Lanke. Que é, de fato, o nome do castelo.

O castelo fica em Brandemburgo, cerca 1h de Berlim. Ele foi construído em meados do século XIX e hoje em dia serve como local para diversas atrações e festivais. O local, inclusive, pode ser alugado.

Como muitos dos destinos na Alemanha, o castelo Lanke tem uma história agitada. Esse especialmente no final dos anos 30. Nessa época ele foi um hospital militar, já em 1945 com o final da guerra ele serviu como um quartel general soviético. Voltando a ser em 1947 um hospital, dessa vez até os anos 90, quando o castelo ficou abandonado até praticamente 2006. Pós 2006, o castelo foi vendido e renovado.

A Usina

No pós-apocalipse na terceira temporada, o local qual foi filmado a usina é na cidade de Rüdersorf, pertinho de Berlim. Eles usaram uma usina química abandonada na cidade. O local foi usado para diversas outras gravações, como, por exemplo, Bastardos Inglórios, no seriado Homeland e, também, a gravação de um dos clipes da banda Rammstein. 

Ela foi construída no final do século XIX, como uma fábrica de cimento. Na segunda guerra serviu para produção de bauxita sintetizada, durante a guerra fria ela foi usada na criação de ração animal e outros produtos agrícolas. A fábrica foi abandonada em 1999. 

O local é assombrador e realmente faz jus a um cenário pós-apocalíptico. Foi um dos destinos muito bem escolhidos pelos produtores de Dark. 

Outros Destinos Dark

BERLIM, 16 DE JUNHO: A "Akademie der Kunste" (Alemão para Academia de Artes) em Berlim em 16 de junho de 2017.
“Akademie der Kunste” (Alemão para Academia de Artes

Faremos aqui uma rápida compilação de outros destinos de Dark. 

O lago Nudower Teiche, também no sul da capital Alemã, é o lago que os jovens passavam um tempo em Winden. Compensa visitar lá caso você goste de fazer trilhas. Na região, também há diversos lugares pra fazer um lanchinho.

Para a estação de polícia, foi usada a fachada de uma das construções da academia de arte em Berlim, em específico a construção de Hansaviertel, o menor distrito de Berlim.

A entrada da usina nuclear (pré-apocalipse) é de uma escola em Berlim, próximo a Glockenturm Berlin (Torre do sino de Berlim, em tradução livre). As torres da usina, obviamente, são CGI.

Já um dos outros destinos de Dark é aquela rua icônica que tem a encruzilhada e o ponto de ônibus. Aquela rua, na realidade, é propriedade de uma autoescola de Zossen, cidade que fica aproximadamente 30 quilômetros ao sul da capital Alemã. 

Caso esteja planejando uma viagem para Alemanha, seja por causa dos destinos possíveis a série Dark, ou não. Lembre-se que o país faz parte do tratado de Schengen, e nos países desses tratado é obrigatório viajar com um seguro viagem com cobertura mínima de pelo menos 30 mil euros – ou equivalente em outras moedas.

Esperamos que tenham gostado de “Destinos Dark”, algumas histórias das locações escolhidas pra gravar essa série, sem dúvida, aumentaram o valor desse ótimo seriado. 

Related posts

Deixe um Comentário