Seguro Viagem Vital Card
Home » Blog » Despesas Odontológicas no Seguro Viagem
Dicas de viagem

Despesas Odontológicas no Seguro Viagem

mulher sentada em cadeira odontológica, despesas odontológicas

A cobertura de despesas odontológicas no seguro viagem visa sanar dores por conta de problemas odontológicos que possam surgir em viagens. 

É importante notar que nos planos não são cobertos continuidade ou controle de tratamento, nem check-ups ou consultas para obter receitas. Em resumo, despesas odontológicas no seguro viagem são focadas em tratamentos de urgências e emergências.

O QUE É COBERTO NAS DESPESAS ODONTOLÓGICAS?

Da mesma forma que a cobertura de DMH (despesas médico-hospitalares), a cobertura despesas odontológicas existe para cobrir casos de urgência ou emergência. Seja o problema causado por um acidente ou doença súbita e aguda. Mas, note que, caso o problema tenha ocorrido por causa de uma prótese ou órtese; será coberto apenas uma consulta para sanar dores. Se forem necessários tratamentos ou consultas de acompanhamento, estes não serão cobertos. A exceção é se ocorrer um problema com dentes naturais durante a viagem, dessa forma, próteses temporárias serão cobertas.

É importante saber que tratamento de canal não é coberto. Apenas a primeira consulta para sanar a dor. Possíveis gastos com essa consulta também não serão cobertos – caso o segurado decida seguir com o tratamento. 

Algumas diferenças

Hoje em dia, essa cobertura está presente em praticamente todos os seguro viagem. Apesar de ser parecida em todas as operadoras do seguro, haverão algumas diferenças. Sendo assim, antes de contratar, leia as condições gerais para saber exatamente o quê e como é coberto nas despesas odontológicas.

Acidentes durante prática esportiva, é coberto nas despesas odontológicas?

Caso a prática seja amadora, o seguro viagem cobrirá os possíveis acidentes. Entretanto, diversas seguradoras possuem uma lista de esportes cobertos em práticas amadoras. Mas, pode ficar tranquilo, os principais esportes são sempre cobertos. Inclusive esportes como hockey, que apresentam um perigo para os dentes. 

A diferença está na prática profissional. Neste caso, só serão cobertos caso tenha sido contratado o adicional de prática esportiva profissional. E os problemas/acidentes são cobertos dentro do valor máximo desta cobertura adicional. E isso também vale para a DMH!

A grosso modo, as seguradoras encaram prática esportiva profissional qualquer campeonato que tenha patrocinadores ou prêmios em dinheiro.  

Há diferença entre viagem nacional e internacional?

Geralmente não. As despesas odontológicas abrangem as mesmas coisas, tanto em viagem nacional quanto internacional. A exceção é quanto a moeda do plano, veremos mais sobre abaixo.

COMO ACIONAR DESPESAS ODONTOLÓGICAS?

homem de cabelo grisalho e com terno, acionando pelo celular a cobertura de despesas odontológicas do seguro viagem

O acionamento é sempre o mesmo. Ele, geralmente, pode ser através de uma ligação, WhatsApp, aplicativo próprio ou e-mail. As formas variam entre os seguros. Todas elas estarão dispostas na apólice do serviço contratado.

O que muda neste caso é a forma de atendimento. Quando é realizado um atendimento médico comum, haverá diversas possibilidades de atendimento. Por exemplo, visita a uma clínica, telemedicina etc. Entretanto, quanto a essa cobertura o atendimento é sempre realizado em uma visita a uma clínica odontológica ou hospital com a infraestrutura para tal. 

Além disso, os segurados possuem a livre escolha de ir ao dentista ou clínica de sua preferência. Nestes casos, guarde todos os relatórios médicos e recibos pertinentes ao caso e peça o reembolso à seguradora. O processo de reembolso dura até 30 dias. 

O pedido de reembolso de despesas odontológicas geralmente é aberto junto à operadora do seguro viagem. No caso do Vital Card, é possível iniciar o processo diretamente em nosso site ou através de nosso aplicativo. 

LIMITES DAS DESPESAS ODONTOLÓGICAS

dentadura abocanhando notas de 100 dólares. Despesas Odontológicas

Em contrapartida dos altos limites disponíveis em despesas médico-hospitalares, as coberturas odontológicas são inferiores. Sendo, em média, limitada a 2 mil (de acordo com a moeda do plano). Por exemplo, em um plano pros Estados Unidos, você contratou uma cobertura médica de 30 mil dólares; a de despesas odontológicas será de 2 mil dólares. Mesmo se a cobertura médica contratada for superior. 

Isso se deve ao fato que os problemas cobertos pelo seguro são resolvidos dentro desse limite. 

Ah, se for necessário medicação devido a consultas odontológicas. O seguro viagem cobrirá com a cobertura de despesas farmacêuticas. Entretanto, geralmente é somente por reembolso.

CONDIÇÕES PREEXISTENTES EM DESPESAS ODONTOLÓGICAS

mulher com mão no rosto com dor de dente. Despesas odontológicas.

Problemas preexistentes, geralmente, também são cobertos. Entretanto, como a DMH, são cobertos somente casos agudos e súbitos das possíveis condições odontológicas. 

Períodos de convalescença não possuem cobertura. Por exemplo, fez uma cirurgia dentária e viajou logo após a alta-médica. No seu destino, poucos dias depois, se tiver algum problema relacionado a cirurgia não haverá cobertura. Isso também vale para DMH.

Como de costume, é importante ler as condições gerais do seguro viagem para saber exatamente o que é coberto. Pois, de um produto a outro, podem haver diversas diferenças. 

E quanto a problemas com aparelhos?

Danos ao aparelho não são cobertos. As consultas cobertas são também somente para sanar a dor do segurado. Isto é importante saber caso for viajar por muito tempo, por exemplo, viagem a estudos. Mas, infelizmente, consultas periódicas ou de check-up não serão cobertas pelo seguro viagem. 

Se este for seu caso, em viagens longas, pesquise se o seu plano ou seguro possui alguma cobertura específica para o caso. 

CUSTOS DE DESPESAS ODONTOLÓGICAS EM OUTROS PAÍSES

Os custos de um atendimento odontológico variam bastante. Não somente de país a país, mas também de caso a caso. No entanto, o valor de uma consulta básica pode se aproximar dos 200 dólares – especialmente nos EUA ou em países europeus

Sendo assim, contratar um seguro em viagens pode trazer uma boa economia. Pois, como já mencionado, apesar dos limites das despesas odontológicas serem relativamente baixas; é o suficiente para te poupar muita dor de dente. 

Quer umas dicas pra viajar barato? Leia este nosso artigo! 

Se quiser saber mais sobre o seguro viagem, leia tudo o que você precisa saber sobre neste nosso artigo. E, se ficou alguma dúvida, deixe um comentário!

Related posts

Deixe um Comentário