Seguro Viagem Vital Card
Home » Blog » Coberturas do seguro viagem: guia rápido
Tudo Sobre Seguro Viagem

Coberturas do seguro viagem: guia rápido

pessoa relaxada deitada em uma rede numa praia com o celular na mão vendo o aplicativo do seguro viagem e suas coberturas

Você sabe quais são as coberturas disponíveis do seguro viagem? Quando falamos sobre o assunto, a primeira cobertura que vem na cabeça é a de despesas médico-hospitalares. Mas, é importante saber que hoje em dia a maioria das operadoras do seguro viagem possuem diversos outros benefícios. Estes benefícios, sem dúvida, te ajudarão muito na hora do aperto.

Sendo assim, resolvemos fazer esse compilado com um pouco de todas as coberturas presentes no seguro viagem. Além disso, deixaremos um link em diversas das coberturas para um artigo específico sobre elas, caso queira saber mais sobre elas. Entretanto, a verdadeira forma de pesquisa sobre o assunto é nas condições gerais do seguro viagem. Nela você poderá ver com detalhe exatamente o que é e o que não é coberto em cada cobertura.

Coberturas do seguro viagem: Despesas médico-hospitalares

Diversos médicos e médicas em uma fila com braços cruzados e sorrindo.

Vamos começar falando sobre a que todo mundo conhece…

Se alguma coisa acontecer com sua saúde, por causa de doença ou acidente, a cobertura de despesas médico-hospitalares cobrirá os custos médicos. Mas é importante notar que ela é destinada para casos de urgência ou emergência. Consultas que sejam de acompanhamento, eletivas, estéticas ou para repor medicações não são cobertas. Bem como, tratamentos e consultas investigativas, casos essas não sejam relacionadas a situações de emergência ou urgência para restabelecer o quadro de saúde do segurado.

Por exemplo, se você torcer o pé durante a viagem, o seguro cobre o atendimento.

O valor do limite desta cobertura é o que mais afeta no preço do seguro viagem. Por exemplo, um plano com limite de 30mil dólares, custa consideravelmente menos do que um com limite de 120 mil dólares.

Este limite quer dizer o valor máximo que o seguro poderá pagar em caso de doença ou acidente. Todo o seguro viagem deve ter essa cobertura em planos para o exterior. 

Qual valor escolher?

A resposta aqui é sempre um bom e velho “depende”. 

Viagem longa? Opte por coberturas maiores.

Já tem mais idade? Também opte por coberturas maiores.

Vai viajar rapidinho e só curtir uma praia? Pode ir com um limite menor.

Vai para os EUA? Lá o atendimento é absurdamente caro, contrate, pelo menos, 30 mil dólares.

Franquia

Alguns dos seguros no mercado possuem franquia. Quem tem um seguro automóvel já está bem familiarizado com o conceito. Para quem não tem; a franquia é uma participação do segurado na conta. Por exemplo, uma franquia de 100 dólares, você precisou de uma consulta médica em viagem e a conta deu 300 dólares. Você, o segurado, pagará 100 dólares e a seguradora os outros 200 dólares.

O principal intuito da franquia é diminuir o valor dos seguros.

Esportes

A cobertura de despesas médico-hospitalares também cobre acidentes em caso de práticas esportivas. No caso do Vital Card, essa cobertura é independente da DMH (despesas médico-hospitalares) principal. Ou seja, ela tem um valor próprio. Além disso, em caso de prática a lazer ou amadora, está inclusa em todos os planos.

Agora, se a viagem for para prática profissional de esportes, a cobertura do seguro deve ser contratada a parte. Note que podem haver esportes que não são cobertos.

Gestantes

Gestantes também tem uma cobertura própria. Problemas relacionados a gravidez também são cobertos. Mas estes também são somente em caso de urgência ou emergência. Partos não são cobertos. Além disso, está cobertura é limitada a semanas de gestação. No caso do seguro viagem Vital Card é válido até a 32º semana de gestação.

Preexistentes

As doenças preexistentes são cobertas em casos de agravo súbito e agudo da doença. Além disso, consultas para repor medicação (ou para conseguir receita) não são cobertas pelo seguro viagem.

Sempre lembre

Apesar da cobertura DMH ser uma das mais importantes do seguro viagem, é importante lembrar que ele não é seguro ou plano de saúde. O intuito do seguro viagem é cobrir possíveis problemas que possam ocorrer em viagem. Por esta razão, ele possui muitas outras coberturas que veremos abaixo.

Coberturas do seguro viagem: Despesas odontológicas

Mulher jovem com dentes limpos, mãos de um dentista apontando para os dentes.

Outra cobertura comum no seguro viagem, despesas odontológicas. Ela cobrirá diversos problemas dentários que podem acontecer. Mas, é importante notar que quebra de dentes só é coberto caso ela tenha ocorrido a um dente natural. Caso não seja, será coberta a consulta somente para sanar a dor. Além disso, tratamentos não são cobertos, por exemplo, de canal. 

Importante notar que danos a aparelhos não são cobertos. Mas, caso ocorra a um problema com o aparelho e cause problemas a sua gengiva, a consulta para sanar a dor será coberta.

A cobertura de despesas odontológicas (DO) no seguro viagem possui um limite consideravelmente inferior ao da DMH. Quanto a segunda é possível contratar com valores de centenas de milhares, a DO, geralmente, não passa dos 2 mil. Isso se deve ao fato que os casos cobertos não passam desse valor.

Mais sobre DO.

Coberturas do seguro viagem: despesas farmacêuticas

Junto com DMH e DO, existe a cobertura de despesas farmacêuticas. Em resumo, todo e qualquer medicamento prescrito em viagem, a seguradora reembolsará até o limite da cobertura. Este limite também é relativamente baixo, geralmente cerca de 1 mil dólares (ou de acordo com a moeda do plano contratado). 

A coisa mais importante para se saber dessa cobertura; medicação de uso continuo não é coberta. Somente aquelas prescritas durante eventos cobertos pelo seguro.

Coberturas do seguro viagem: Traslado médico e Regresso Sanitário

Ambulância com sirenes ligadas indo ao hospital em uma estrada.

No seguro viagem, traslado médico é acionado quando o atual hospital ou clínica que você está recebendo atendimento não possui condições de te tratar. Por exemplo, em casos que são necessários determinados equipamentos. Nestes casos, a seguradora pagará o traslado deste hospital ou clínica até um que possua condições para te atender. O que é importante saber sobre o traslado médico: ele não cobre custos de transporte até o hospital. 

Já no regresso sanitário é quando o segurado precisa retornar a seu domicílio com determinados cuidados. Por exemplo, quebrou uma perna e precisa de um espaço maior no assento do avião. A seguradora pagará a diferença do upgrade da passagem. Ou, em casos mais complexos, o viajante deve retornar a seu domicílio com um enfermeiro para acompanhar. A seguradora pagará todos os honorários e transporte deste enfermeiro.

A cobertura de traslado médico do seguro viagem possui um valor relativamente baixo, cerca de 5 mil (novamente, de acordo com a moeda do plano). Pois os casos não exigem valores maiores. Já a de regresso sanitário o limite é bem superior, cerca de 50 mil.

Mais sobre o regresso sanitário.

Coberturas do seguro viagem: Cancelamento de viagem e Interrupção de viagem

O seguro também te protege antes com a cobertura de cancelamento! Se por um motivo de força maior você não puder viajar, o seguro cobrirá diversas das despesas. As multas mais comuns são as multas das tarifas aéreas. Além disso, podem ser cobertos reembolsos com pacotes turísticos. Nestes casos é se deve saber o que é considerado um motivo de força maior. Por exemplo, casos de falecimento, internação, quarentena ou presença em juizado do próprio segurado ou parentes imediatos. Como, filhos, irmãos, pais ou cônjuge. 

Por sua vez, a interrupção de viagem é caracterizada se algum dos eventos de força maior acima ocorrem. Com ela, a seguradora pagará o retorno do viajante a seu domicílio. Bem como, todas as possíveis multas e taxas geradas de seu retorno antecipado.

O valor de ambas coberturas do seguro viagem gira em torno de 1500. Veja aqui sobre interrupção de viagem. E aqui sobre cancelamento.

Coberturas do seguro viagem: Atraso ou Extravio de bagagem

Esteira de aeroporto com diversas bagagens e uma mão pegando uma das bagagens. Coberturas do seguro viagem

Estas duas são os problemas mais comuns que podem ocorrer em viagens. O seguro viagem evita muita dor de cabeça quando uma dessas coisas ocorre.

Quando a bagagem atrasa por mais de 6 horas, quem tem o seguro viagem pode comprar roupas (que estejam de acordo com o destino) e itens de higiene pessoal. O limite é, em média, 300 dólares. Estes gastos serão reembolsados pela seguradora. Ah, o atraso de bagagem só é válido em voos de ida. 

Quanto a cobertura de extravio de bagagem, se a transportadora perder a bagagem ela pagará uma indenização ao viajante de acordo com o peso da mesma. O seguro também pagará uma indenização suplementar – também de acordo com o peso. O limite é 1000 dólares (ou, como todas outras, de acordo com a moeda do plano).

Coberturas do seguro viagem: Atraso de voo

Tá aí uma das coisas mais comuns em viagens, atrasos de voo…

Quando um voo atrasa, o viajante possui diversos direitos (na maioria dos países). Já o viajante assegurado, quando o voo atrasa por um período superior de 4 horas, terá gastos com alimentação, transporte (até seu hotel ou aeroporto) e hospedagem reembolsados. O limite é cerca de 300 dólares.

O importante de ter isso é em viagens a países como os EUA. Os viajantes possuem poucos direitos quando seu voo atrasa no país.

Conheça mais sobre seus direitos quando um voo atraso lendo este nosso artigo.

Indenizações do seguro viagem

Além das coberturas, a seguradora paga indenizações ao viajante segurado em determinadas situações.

Estas são pagas em caso de invalidez, total ou permanente. Ou em caso de morte acidental em viagem. O valor das indenizações vai de acordo com o plano escolhido. Mas, já adiantamos que os valores são menores a de uma apólice de um seguro de vida (cerca de 50 mil reais). Além disso, a indenização por invalidez tem um valor de acordo com o tipo de ocorrência. 

Para saber exatamente o que e quanto é pago, é necessário ler as condições gerais do produto contratado.

Traslado de corpo

 Se ocorrer o falecimento do segurado. Essa cobertura paga o traslado de seu corpo até o local de seu sepultamento. Também é possível pagar pela cremação e retornar as urnas com as cinzas. O limite varia, mas, geralmente é cerca de 25mil.

Quanto a cremação, essa medida apareceu devido a pandemia da COVID-19. Pois se o falecimento ocorreu devido a doença, o corpo não pode ser retornado por ainda existir o risco de infecção. 

Outras coberturas e assistências do seguro viagem

Miniatura de mala e avião em fundo branco,com um adesivo que diz "seguro viagem" em inglês. Cobertura do seguro viagem.

O produto ainda te protegerá de outras formas, por exemplo, em viagens a negócio, há a possibilidade de envio de executivo substituto. Se o executivo sofrer um acidente ou for internado, a seguradora pagará os custos para enviar outro executivo em seu lugar (enquanto cuida do primeiro). 

Está viajando sozinho? Caso também sofra um acidente ou doença, será enviado um acompanhante após determinado tempo de internação.

Já os auxílios variam de acordo com a operadora. Aplicativo próprio, auxílio no pagamento de fiança, contratação de advogado, rede credenciada etc. 

Finalizando…

Enfim, todas as listadas aqui demonstram a importância de viajar protegido. Viajar assegurado não impedirá que diversas dessas possam acontecer. Entretanto, se acontecerem, você estará protegido. E tenha certeza que a dor de cabeça será muito menor.

Related posts

Deixe um Comentário